sábado, 28 de junho de 2008

Adolescentes presos por copiar crimes do GTA

A franquia Grand Theft Auto nunca teve uma vida fácil com a imprensa. Dada a violência que o jogo apresenta, não surpreende que muitos pais, políticos e parte da imprensa acreditem que o jogo possa influenciar de maneira negativa os jovens.
Todos que compartilham desse ponto de vista apontaram para um incidente que aconteceu em Nova York essa semana. O jornal Newsday publicou a notícia de que seis jovens foram presos por uma série de crimes que cometeram e admitiram que estavam imitando as ações da série GTA da Rockstar. Os crimes foram cometidos durante a terça-feira à noite e estendeu-se pela manhã da quarta-feira. Os garotos assaltaram e agrediram severamente um homem, tentaram roubar um carro e vandalizaram outro carro antes de serem presos pelos policiais de Garden City.
Foram encontrados com os garotos um taco de baseball, uma barra de ferro e um cabo de vassoura.
Os adolescentes presos tinham idades entre 14 e 17 anos e dois deles já tinha passagem pela polícia, um por arrombamento e roubo e outro por porte de drogas.
Os seis garotos foram indiciados como adultos, cinco deles por roubo e agressão e os seis por crimes de desordem e posse de mercadorias roubadas.
“Os garotos decidiram ir para alguma rua e cometer alguns crimes, imitando o popular e fictício personagem Niko Bellic”. O detetive Raymond Cote, que está cuidando do caso, disse que no primeiro crime da noite os adolescentes aproximaram-se de um homem por trás, jogaram ele no chão e começaram a socar e chutar o homem caído. Socaram os dentes da vítima indefesa arrancando-os de sua boca e então roubaram tudo o que ele tinha consigo.

O que vocês acham amigos do Consoles e Jogos Brasil, jogos violentos formam pessoas violentas? E os filmes violentos, devem ser proibidos também? Comentem essa notícia.

23 comentários:

Anônimo disse...

leo eu acho assim que violento é a pessoal,eu tenho ps3 jogo gta4 e nunca robei banco kkkkkkk, os filmes tam bem nao deve parar com filmes violento si nao qual a grasa de ver um filme de box sem soco rrsrsr valeo e um abraso a todos des culpe pelo portugues enrolado

°§§§herbert§§§° disse...

eu acho que jogos violentos como gta4 nao enfluenciam em nada eu jogo,sempre joguei e nunca pensei em sair por ai matando roubando etc. coisa feia fazer isso ate no jogo eu nao curto bater nas pessaos e nem atirar so atiro nas pessoas que tem que matar msm para poder completar as missoes fora isso eu nao curto matar as pessoas. e leo gostaria que vc respondesse minha pergunta no post anterior ok ate mais abraços

toddy_pronto disse...

Acho que deveriam ter maior controle nas vendas de jogos para adultos. Esses crimes só fazem mostrar a indole da pessoa, tanto que um dos jovens ja tinha passagem pela policia. Jogar ou assistir filmes violentos não torna ninguem violento, ela so faz "aflorar" a violência que já está dentro do individuo.

Leo, que tipo de engenheiro você é?
Um abraço Leo, fique com Deus.

Mr. Lenin disse...

Se os jogos fossem os causadores da violência, um país emergente como o Brasil não teria seus bandidos (estes, que são mutos) na classe baixa, mas sim nas classes que podem comprar um aparelho de última geração. Podemos atribuir um crime á qualquer coisa: um cantor, disturbios mentais, computadores, precnceito ou até mesmo videogames. Porém não é correto atribuir á criminosos toda uma cultura que está surgindo.
O fato é que estes jovens são a escória e não devem ser considerados.

também sou jovem e jogo videogames, porém não deixo que desenvolvedores, roteiristas ou escritores ditem meus pensamentos ou ações.

Eng Leonardo disse...

Muito bom os comentários amigos e, inclusive o Mr. Lenin deu um dado muito importante: realmente os crimes violentos acontecem em sua grande maioria nas classes baixas, que não têm condições, em sua maioria, de adquirir um vídeo-game.
Em minha opinião, independente se os jogos formam ou não um indivíduo violento, proibir o acesso à informação, cultura ou mesmo o divertimento com os jogos é anticonstitucional, é censura e é um retrocesso no processo de democratização do país.
A educação das crianças deve ser responsabilidade dos pais e o estado não pode “conduzir” a forma que um pai educa seu filho. Do mesmo modo que um pai pode acompanhar seu filho ao cinema para que o mesmo tenha o direito de assistir a um filme direcionado para maiores de 18 anos, esse mesmo pai tem o direito de escolher se determinado jogo é ou não apropriado para o seu filho, já que com certeza o estado não conhece melhor uma criança do que o seu próprio pai ou mãe.
Eu acredito que existam sim jogos muito violentos que não devem ser jogados por crianças, porque estão em fase de formação de sua personalidade e ideologia e, acredito sim que esses jogos violentos possam influenciar de forma negativa ou não a formação dessa criança. Digo de forma negativa ou não, porque da mesma forma que uma criança pode “apreciar” a violência de um jogo, ela também pode criar repulsa pela violência, sendo influenciada de forma positiva pelo jogo.
O que eu não entendo é o porquê do ataque somente à indústria de jogos (talvez pelos ganhos bilionários que a mesma anda tendo), porque não são proibidos os filmes pornográficos (claro que sou contra a isso também), por exemplo, já que a maioria das pessoas concordam que filmes pornográficos não deve ser assistido por crianças. Esses filmes não são proibidos porque são para adultos e esses adultos têm a responsabilidade e o direito de escolher se seus filhos vão ou não assistir a esses filmes. Da mesma maneira, existe o sistema de classificação dos jogos, que indica se um jogo deve ou não ser jogado por crianças ou adolescentes. Muitos jogos são feitos para o público adulto, mas a sociedade ainda tem a idéia de que vídeo games são “coisas” de crianças e devido a esse preconceito, tira-se o direito dos adultos terem acesso a esse tipo de entretenimento.
Só para constar, existe um estudo que mostra que a média de idade dos jogadores de vídeo games como o Xbox 360 e PS3 está acima dos 30 anos em países como a Inglaterra. Eu particularmente acredito que já há algum tempos os vídeo games não são mais feitos pensando nas crianças (talvez nem mesmo o Nintendo Wii) e esse fato se mostra inicialmente pelo preço dos vídeo games hoje em dia. Poucos jogos hoje em dia, principalmente para PS3 e o Xbox 360, são feitos para crianças. Aliás, na maioria dos jogos, as crianças nem conseguem jogar dado o grau de dificuldade, digo isso por experiência própria aqui em casa com crianças. A maioria dos jogos hoje (estou falando de Xbox 360 e PS3) são feitos para adolescentes ou para adultos e a educação sobre os jogos deve ser mais direcionada para o próprio público adulto ignorante que não conhece a história dos vídeo games e, não sabem como selecionar os jogos que seus filhos vão jogar.

Respondendo ao Herbert: Já respondi o outro post. :)
Respondendo ao toddy_pronto: Sou Engenheiro de Materiais especialista em metalurgia.

fanaticogames disse...

A sociedade procura sempre um culpado, ja cansaram de colocar a culpa nos pais e na criação dos filhos agora é a vez dos games.

leo da uma olha nessa materia sobre GTA e outro games...da uma olha da ai galeraaaa...

me responda quando ler...um abraço

http://forumvp.forumeiros.com/mundo-f41/pesquisa-diz-que-videogame-e-incapaz-de-transformar-crianca-em-assassino-t727.htm

fanaticogames disse...

Pesquisa diz que videogame é incapaz de tranformar criança criminoso... é o que afirma um novo livro escrito por uma dupla de pesquisadores da universidade de Harvard, nos Estados Unidos... veja a materia...muito interessante..

http://forumvp.forumeiros.com/mundo-f41/pesquisa-diz-que-videogame-e-incapaz-de-transformar-crianca-em-assassino-t727.htm

...::: KiKo Games BR :::... disse...

Leonardo, esse assunto sempre foi muito discutido (vide as proibições em nosso país de jogos como Bully e CS) porém creio que a violência de nada tem haver com os jogos, a violência é "despertada" num indivíduo desde criança e isso vem de uma série de fatores, onde aponto como sendo o principal a maneira em que os pais educam as crianças. Portanto creio que os jogos de uma maneira geral, não dão a capacidade para uma pessoa matar ou roubar.

Lucas Elder disse...

Sinceramente acho infantil imitar um jogo desse jeito. Eles são só uma forma de entretenimento, não incentivo pra fazer coisas na vida real.

Bruno Borret disse...

Eu sou novo aqui (encontrei o Consoles e Jogos Brasil hoje) e achei esse blog de mais! Até postei um video no meu blog (pspalliance.blogspo).
Mas voltando ao assunto, na minha opnião acho que jogos violentos não influenciam em nada. só se a pessoa tem uma mente fraca e jogando pode pensar que se for preso vai aparecer solto na frente da prisão num piscar de olhos. Eu, por exemplo, jogo vários jogos violentos e nao fico loko depois. Como eu disse "esses caras tem mente fraca".

Eng Leonardo disse...

Obrigado por embasar a discussão Fanatico. Vê-se pela opiniões dos nossos amigos que a tese se confirma.
Abraços a todos

sosos105 disse...

gosto de jogar gta! gosto de matar as pessoas(no gta)! gosto de roubar(no gta)! Mas nem por isso saio por ai "tocando o terror" ou dando uma de playboy e mechendo com os "otários"(até porque otário seria eu).
conheço pessoas que dizem gastar a raiva no gta! é mais ou menos assim:
Tó put* com fulano!vou jogar gta e detonar geral.XD

henio disse...

Olá Leo, eu acho que não são os jogos que tornam pessoas violentas nem os filmes pois cada pessoas que os joga e os assistem tem um modo de ve-los, seu cotidioano sua forma de viver a vida que os tornam agrecivos e violentos, esses adolescentes acham que tudo poderia ser como no GTA, que conseguiriam fazer o que querem sem pagar pelo ato, mas esqueceram que a vida não é um jogo e que podem sofrer pelos seus erros.

Francinaldo disse...

Eu não acho, só quem for burro o bastante em seguir a idéia do game, não eh muito inteligente, eu jogo gta e outros games violentos, numca me passo isso pela cabeça, em seguir a idéia do game em me tornar um maniaco do crime, soh louco mesmo que seguir essas idéias, falar nisso seu blog eh nota 10 parabéns

JEFFINHO disse...

Leo eu acho que não tem nada ver esse papo!

s2__Big Smoke__s2 disse...

KARAKA KARA EU TENHO UMA CAMISA IDENTICA A ESSA :XX

Anônimo disse...

só é influenciado quem quer ser!!!

só os burros mesmo!!!

não acho que deve proibir não

o único jeito que me influencio é brincado de GTa IV no quintal de casa!!roubando de mentirinha!kkk
e roubando coisas!!!!

mais acho que não deve proibir nõ

matheus disse...

leo eu acho q a violencia dos jogos nao influencia na vida real e so ter um bom senso

Edinan disse...

eu axo que nao tem nd a ver, pq o jogo jha vem como "recomendado para maiores de 18 anos". O certo seria os pais deles nao deixarem eles jogar, jha que tem idades entre 14 e 17 anos

Herberto disse...

Quem joga jogos destes são mesmo doentes mentais. A humanidade é um bicho difícil de compreender. os filmes nunca afectam ninguém, os jogos sims porque somos nós a controlar. Não é só esse caso sobre esse maldito jogo, eu também sofri consequências. Dizer que o jogo é para maior que 18+ tudo merda, jogos destes não deveriam existir, mas para quem joga e fica viciado não tem outro remédio se não jogar e defender jogo com a cara que tem toda chapada. Os adultos também sofrem, um casal em inglaterra, o marido matou a mulher com 20 facadas por ser viciado no GTA. Eu já tive coragem de por esse jogo em tribunal e abrir um processo e se quiser faço mesmo. Faço esse jogo sofrer como um cão no inferno de arrastos até ele dizer para não fazer mais nada se for tarde é claro. A empresa também não se safa e ser mal tratada por mim. nem que seja eu a dar com Bazzukas para dentro daquela empresa acaba-se o maldito vicio do GTA de uma vez por todas neste mundo. Paz é uma palavra mencionada na escuridão. Nem dicionário nem existe. Existe mais razões para acabar com o mal do que o bem, querem acabar com bem só com desculpas esfarrapadas, a mentira só vale quando a verdade não chega.

Daniel disse...

Eu acho que não influenciam, Exemplos: se a pessoa joga GTA e gosta, e ela quer ter realmente a experiência é porque ela é muito burra mesmo sabendo o'que acontecerá, eu mesmo, adoro GTA mas só por diversão, atropelar pessoas voar, matar todos, mas é otimo que muitas das pessoas hoje em dia então conciêntes de que isso é crime (uma anta saberia disso) e esta pessoa deveria ter sido influenciada antes do Ato

thepepessauro disse...

eu acho que os jogos podem influenciar, mas a culpa não é 100% deles, acho que existe um outro culpado em todos os casos dessa espécie.

Rafael Santos disse...

Na minha sincera, devastadora, emocionante e série opinião, eu acho que jogos violentos como GTA ou Driver influenciam sim os adolescentes a matarem e fazer todas essas barbaridades, mas a culpa não é toda deles, e isso não vai acabar cancelando uma grande franquia como GTA nas vendas ou proibindo de vez filmes do mesmo gênero e de outros como filmes pornográficos, no meu caso eu sou sim uma pessoas que as vezes, do nada deseja o mal por causa disso, até para aquelas crianças na África que morrem de fome, mas que algumas horas da pena delas, mas não é bom cancelarem a venda desses jogos ou denunciarem a empresa que criou o game, que no caso é Rockstar Games, o povo gosta de jogos violentos e filmes pornográficos, então é melhor deixar do jeito que tá, porque só doentes para fazer uma coisa dessas, eu nunca teria coragem de matar alguém ou roubar lugares públicos como bancos, sendo que eu já roubei algumas vezes em lugares pequenos. Ótimo post Leo, esse foi minha sincera opinião e até mais!

PS: Comenta o que achou do meu comentário, por favor!